Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008
A árvore, a pedra

Árvore

Sempre uma coisa defronte da outra,
Sempre uma coisa tão inútil como a outra,
Sempre o impossível tão estúpido como o real,
Sempre o mistério do fundo tão certo como o sono de mistério da superfície,
Sempre isto ou sempre outra coisa ou nem uma coisa nem outra.

                                                                                    Álvaro de Campos


tags:

publicado por Filomena às 21:28
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Visita n.º
free statistics
Sirius Coupons
Brandi Carlile-The story -

Visit AvelarHoje